Connect with us

Art de Vivre

Lisbonweek’22: “découvrez des espaces jamais vus” en Marvila

Edition marquée par le thème « Travail », démarre le 1er mai. Et l’« open call » pour le programme de résidences artistiques a déjà…

Publié

sur

Edition marquée par le thème « Travail », démarre le 1er mai. Et l’« open call » pour le programme de résidences artistiques a déjà commencé.

Art urbaine, Marvila @flickr

Il y a déjà des nouvelles de la 7e édition de Lisbonweek (LW’22). Cette année, la scène choisie était le quartier de Marvila et la programmation culturelle devrait démarrer le 1er mai, fête du travail, une date qui rejoint le thème de réflexion de cette édition : « Le travail ». Outre les expositions, visites guidées et conférences qui auront lieu tous les week-ends de mai, cette édition propose également le « LW’22 Residency Program » qui invite de jeunes artistes à participer. Et les inscriptions sont maintenant ouvertes.

L’année où elle célèbre son 10e anniversaire, Lisbonweek concentrera son attention sur le quartier de Marvila. “Depuis quelques années, nous avions l’intention de mettre en valeur le quartier de Marvila, un quartier en pleine transformation, avec une identité étroitement liée aux arts et à la créativité, et qui acquiert maintenant la maturité et le protagonisme pour recevoir un autre regard”, dit-il. Xana Nunes, directrice d’ACTU et fondatrice de LW’22, citée dans un communiqué.

Ce sera le quartier de Lisbonne à redécouvrir dans cette édition de Lisbonweek, qui a pour prémisse “de faire connaître des espaces jamais vus auparavant et des histoires jamais racontées auparavant”, disent-ils dans le document. Et c’est dans ce sens que sa programmation a été conçue : elle comprendra des visites culturelles dans des lieux emblématiques de Marvila (comme Fábrica do Braço de Prata, Praia de Marvila ou Páteo Marialva) et aussi dans des espaces non accessibles au public. , comme le magnifique Palácio da Mitra ou le bâtiment Abel Pereira da Fonseca.

Já há novidades sobre a 7ª edição da Lisbonweek (LW’22). Este ano o palco escolhido foi o bairro de Marvila e o programa cultural deverá arrancar no próximo dia 1 de maio, o Dia do Trabalhador, uma data que vai ao encontro do tema de reflexão desta edição: “O Trabalho”. Além das exposições, visitas guiadas e conferências que vão decorrer durante todos os fins de semana de maio, esta edição conta ainda com o “Programa de Residências LW’22” que convida jovens artistas a participar. E as inscrições já estão abertas.

No ano em que celebra o seu 10º Aniversário, a Lisbonweek irá centrar as atenções no bairro de Marvila. “Já há alguns anos que tínhamos a intenção de destacar o bairro de Marvila, uma zona em rápida transformação, com uma identidade muito ligada às artes e à criatividade, e que adquire agora a maturidade e o protagonismo para receber um outro olhar”, refere Xana Nunes, diretora da ACTU e fundadora da LW’22, citada em comunicado.

Este vai ser o bairro lisboeta a ser redescoberto nesta edição da Lisbonweek, que tem como premissa “dar a conhecer espaços nunca antes vistos e histórias nunca antes contadas”, dizem no documento. E é neste sentido que a sua programação foi pensada: vai incluir visitas culturais pelos locais icónicos de Marvila (como a Fábrica do Braço de Prata, a Praia de Marvila, ou o Páteo Marialva) e ainda a espaços que não estão acessíveis ao público, como o magnífico Palácio da Mitra ou o edifício Abel Pereira da Fonseca.

Lisbonweek22 1
Arte Urbana, Marvila @flickr

Além da descoberta do património de Marvila, o programa conta ainda com um percurso das artes criado pela curadora Filipa Oliveira. Este projeto passa pela abertura da ‘open call’ para realização de Residências no bairro e o convite a artistas para intervenções ‘site-specific’ que serão exibidas em locais centrais de Marvila. Note-se que a programação completa do LW’22 só vai ficar disponível no início de abril.

“Com a Lisbonweek vai ser possível descobrir tesouros escondidos, por diversas zonas da denominada Marvila antiga, mas também encontrar novas tendências expressas das mais variadas formas como se pode encontrar nas diversas galerias de arte da freguesia”, considera José António Videira, presidente da Junta de Freguesia de Marvila.

Lisbonweek22 2
Arte Urbana, Marvila @flickr

Programa Residências LW’22 será direcionado aos jovens

Um dos grandes destaques do programa da LW’22 é o já referido Programa de Residências LW’22, um projeto que “pretende convocar uma diversidade de práticas artísticas contemporâneas que respondam ao tema central desta edição”, o Trabalho.

E o primeiro passo já foi dado: a Lisbonweek e o Prata Riverside Village – um novo empreendimento habitacional que está a nascer em Marvila e parceiro oficial da LW’22 – lançaram esta terça-feira, dia 7 de fevereiro, uma convocatória direcionada a jovens artistas (até 35 anos) para quatro Residências simultâneas em Marvila que têm como objetivo “chamar a atenção para o património histórico e contemporâneo, físico e humano deste bairro”, explicam na mesma publicação. “Serão selecionados quatro artistas que durante um mês irão ocupar locais icónicos de Marvila. O resultado será uma exposição/performance que convida a um percurso artístico durante a edição da LW’22, e que ocupará edifícios históricos, espaços de trabalho, comércio local, e espaço público”, explica a organização da plataforma que desde 2012 redescobre os bairros de Lisboa.

As inscrições para este programa – que é comparticipado financeiramente – estão abertas até ao dia 7 março 2022. Para te candidatares basta acederes ao site da Lisbonweek e consultar o regulamento. Os resultados serão anunciados a 17 de março.

Lisbonweek22 3
Arte Urbana, Marvila @flickr

Continuer la lecture
Advertisement

PUBLICITÉ, ABONNEMENT ET RÉDACTION

Publicité, abonnement et rédaction...Aimeriez-vous faire partie de notre rédaction? Annoncer ou avoir de la visibilité dans notre portail et/ou adhérer à notre Club business?
Ouvrir le chat
1
Salut!
Pouvons-nous vous aider?